As novas espécies de Borneu

Aproveitando o embalo do dia da Terra, o post de hoje é uma notícia boa sobre o meio ambiente. A Ong ambientalista WWF (World Wildlife Fund), que atua na proteção do futuro da natureza a mais de 45 anos, divulgou na última 4ª feira um relatório do projeto de conservação que está em andamento na ilha de Borneu. Nos 3 anos de existência do projeto, foram descobertas 123 novas espécies entre plantas e animais, incluindo o inseto mais comprido do mundo. Fantástico não?

O local explorado, chamado de Coração de Borneu, é um território compartilhado e protegido pela Indonésia, Malásia e Brunei, que assinaram um tratado em janeiro de 2007 para conservar esta que é uma das regiões mais ricas em biodiversidade do mundo.

Entre as espécies descobertas estão uma cobra de colocaração de chamas, uma lesma de cauda comprida e um sapo sem pulmões.

Vejam algumas fotos do relatório divulgado:



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: