Estrela em fuga detectada por astrônomos ingleses

Astrônomos liderados por Chris Evans, do Observatório Real de Edimburgo (Reino Unido), descobriram nesta semana um estrela em rota de fuga.

O astro, que pertencia a um aglomerado estelar chamado R136, está viajando pelo espaço a uma velocidade de 400 mil quilômetros por hora — suficiente para levar um ser humano à Lua e de volta à Terra em duas horas. Os astrônomos calculam que a estrela já esteja a 375 anos-luz de seu lar. Só para lembrar: um ano-luz é a distância que a luz percorre em um ano, viajando a 300 mil quilômetros por segundo.

Há duas maneiras de provocar a fuga de uma estrela. Ela pode encontrar duas irmãs mais maciças em um aglomerado denso e ser chutada para fora, como num jogo de fliperama. Ou pode ser expulsa pela explosão de uma supernova, se fizer parte de um sistema binário.

A estrela flagrada pelos britânicos provavelmente pertence à primeira categoria. “Supõe-se que o aglomerado R136 seja jovem o suficiente para que suas estrelas mais maciças ainda não tenham explodido como supernovas”, diz Danny Lennon, do Space Telecope Institute.

A descrição da fujona é apresentada por Evans e colegas na edição de 5 de maio do periódico “Astrophysical Journal Letters”.

Fonte: Folha online
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: